segunda-feira, 9 de junho de 2008

Momento Trash


Foi altamente desesperador realizar o trajeto entre a concessionária Ford e a academia (um na zona sul e outro na zona norte da cidade), enfrentando o rush das 18h de sexta-feira, com uma vontade tresloucada de fazer xixi.

Como não nasci com a capacidade masculina de se aliviar em qualquer lugar (nessas horas morro de inveja dos homens, mas só nessas horas!), eu estava simplesmente fazendo um show de contorcionismo dentro do carro. É engraçado, porque nessas horas todos os sinais ficam vermelhos, todos os lerdos resolvem cruzar meu caminho, ônibus quebram. E eu suando as bicas, utilizando toda a musculatura possível para não fazer xixi nas calças. Em um momento, meu celular tocou. Eu disse um "Alô" meio barril de pólvora prestes a explodir. A pessoa do outro lado começou a falar qualquer coisa e eu já emendei um "AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!!!!!!!!!". Não sei como a pessoa não chamou a polícia, pensando que eu estava sendo esfaqueada!

Achei que chegaria a tempo na academia, mas vi que não seria possível nem por um decreto. Então resolvi parar no posto ali perto, que eu sempre paro para comer os tradicionais pães de queijo.

Parei o carro e pensei: "Será que consigo descer do carro e ficar de pé? A força da gravidade pode pôr tudo a perder". Como não tinha saída, aceitei o desafio. Fui andando com as pernas trançadas até a lanchonete para pedir a chave. Com o rosto pingando de suor, eu pedi: "Alcides, queria a chave do banheiro". E ele: "Uma moça acabou de ir, deve estar lá!" NÃO! NÃO! NÃÃÃÃÃÃO!!

Fiquei parada na porta, dando curtas andadinhas pra lá e pra cá, fazendo um papel ridículo. E nada da menina sair. Quando eu estava quase derrubando a porta com um golpe samurai, ela resolveu sair.

Eu simplesmente entrei dentro do recinto feito uma jamanta desgovernada, mas... consegui... aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!!!

Qdo entrei no carro de novo, acho que mal conseguia respirar. Eu estava inteira suada e nem tinha ido para a academia ainda. Falta pouco para eu começar a usar fraldas geriátricas!

10 comentários:

Rui Carlo disse...

uma mijada dessas às vezes é melhor que um orgasmo, pelo menos alivia muuuuuiiiiiiiiito...
Mas imaginei a cena... e tô rindo, me desculpe, AH como eu queria ver minha deusa xixizada,
tenho rios de saudades de ti

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda!
hauhauhauhau

Atire a primeira pedra quem nunca mijou antes de chegar no banheiro.
Pois é..ser homem tem essa e outras vantagens,deusa!

Seu post está um pouco grande...será que vão ler tudo???kkkkkkk Foi vc quem disse!

Beijos

Flávia & Kbça disse...

hahahahaha... passo por isso smepre que vou a algum churrasco longe de casa!! sempre, sempre, acontece isso comigo... porque será né? rsrsrsrs.

mas, que é um alívio é!! pior é que você deixa toda aquela frescurice de saber onde está mijando de lado!!!! rsrsrsrs

até.

Ricardo Rayol disse...

ahahahahahahaha sem maiores comentários, não posso ser solidário com uma roubada dessas.

Débora disse...

kkkkkkkkkkkkk jura??

Também já aconteceu comigo..só que foi no ônibus...foi horrível..Mas,nem cheguei em casa..mijei na calça mesmo..kkkkk

É isso,gente...deusas também mijam!

Beijos,querida

Fatima Gama disse...

Nosssa, ainda bem que conseguiu a tempo, lembrei da época em que eu adorava beber cerveja e quando eu trabalhava em Copa e morava em Madureira aluguei uma vaga lá para so dias em que tinha que ficar trabalhando até tarde e um dia uma amiga em convidou para tomar uns chopssss e ai tomamos tanto que quando fui embora, embora eu estivesse bem próxima da vaga, no elevador a coisa foi piorando tanto que.... não deu tempo... a sorte é que era madrugada e ninguém chamou o dito cujo antes de eu limpar tudo rsr, seria cômigo se não tivesse sido trágico rsr

Andréia disse...

olá! que sufoco hein? rsrsrs ue ja passei por uma dessas quando tinha 7 anos + eu n aquentei muito tempo

hhehehe


beijosssssssss

Mari disse...

Fabi.....isso é mais comum do que vc pensa...ainda mais quando ficamos muito tempo fora ,bebemos muita água...
Quando viajo,pareço até cachorro quando vê um poste...não posso ver um bar de estarda que tenho que saltar do carro...

Tá sumida do meu Blog,hein!
bjs

BETH ANAND disse...

Oi,Fabi
Tudo legal??

Estou tentando voltar a postar...aquilo lá tá tudo empoeirado..vê se me linka aí,pô!

Ri muito do seu post,pois já mijei muito por aí...rsrs

bjs

Marisa disse...

Nossaa....horrível,nénão??

Atire a primeira pedra quem nunca passou por algo parecido..srrssr