quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Programa de Indio


Já estou há tanto tempo em São Paulo que já me sinto cidadã paulistana e quando diziam que paulistano tinha manias estranhas, do tipo ir ao aeroporto para ficar assistindo aos aviões subirem e descerem, eu "ficava puta da vida". Chamava o autor do comentário de jacu e saía andando. Mas um dia tive que dar a mão à palmatória: ô raça pra gostar de fila e muvuca!Não é fácil, no período de festas natalinas, ter que aguentar o trânsito da cidade e as pessoas ensandecidas pelos programas de final de ano, incluindo comprar presentes e participar de eventos de todo tipo. Mas tudo isso foi particularmente piorado por causa daquela maldita árvore de natal e daquelas luzinhas do Parque Ibirapuera, que simplesmente travaram todo o tráfego de veículos nas imediações, num raio de muitos quilômetros de distância.A culpa não é dos enfeites do parque. Trata-se, de fato, de um bonito espetáculo. O que o torna insuportável é a mania das pessoas de transformar tudo em programa de farofeiro.Você quer ver as luzinhas de natal no Ibirapuera? Então vá até a região, estacione a droga do seu carro (ou vá de ônibus e táxi) e fique passeando a pé. A Avenida Pedro Álvares Cabral não é o Simba Safari, onde você pode ficar passeando de carro a 0,0003 km por hora, enquanto observa as coisas em volta, bloqueando o trânsito, e ainda comprando quitutes dos ambulantes. Por causa desse pensamento, todas as avenidas em volta ficam praticamente entupidas de babacas esperando seu momento sublime de se aproximar da árvore e das fontes iluminadas e fazer a mesma coisa que os outros: praticamente parar o carro e ficar olhando a cena, feito bobo.E quem precisa passar rapidamente pela avenida (como eu, que moro nas redondezas e vou de busão) ou cai naquele circuito sem querer, fica horas e horas parado, pagando o pato, porque aquele bando de mal-nascidos não tem um pingo de educação. Não, não estou falando de pobres com suas latas velhas que colocam 10 pessoas dentro de uma Brasília e vão ver as luzinhas. Estou falando de pessoas que não aprenderam a se comportar feito gente, nem a viver em sociedade feito gente. Tenham elas uma Ferrari ou um Chevette caindo aos pedaços.Pra mim, por melhor que o programa seja, nada vale ficar horas dentro do carro, preso no trânsito. Se rolar um arrastão ali, não escapa ninguém. Mas é claro que ninguém pode simplesmente ir a pé ou usando o transporte coletivo. Sem a muvuca, parece que não tem graça! Por isso que os implicantes têm razão quando dizem que paulista adora uma fila. Eu não sairia de casa para pagar um mico desses nem que o espetáculo fosse a terceira revelação de Fátima. Mas eles adoram. Adoram uma fila na balada; adoram pegar estrada no dia 31 de dezembro às 20h para passar o Ano Novo no trânsito, descendo a serra; adoram ir para a praia em feriados onde está tudo lotado e entupido, porque aí eles fazem fila na padaria, no supermercado, na farmácia, no shopping...

10 comentários:

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda
Ah..isso não é privilégio de paulista não..todo brasileito adora uma fila.Eu tenho um tio que vai todo santo dia ao banco e no supermercado ..paga uma conta e compra um quilo de açúcar...enfrenta a fila..reclama e no outro dia vai pagar outra conta e vai novamente no supermercado comprar 1k de sal...e assim vai...
Ah..ele é carioca,filha..hehe
Ah..vem pro Rio ver a árvore da Lagoa..tá linda!!hauhauhaua
Bjs

Rui Carlo disse...

Privilégio meu, então, moro numa bucólica cidade a 100 km de Fortaleza... sem estresse de trânsito, sem mega árvores de Natal, mas cheio de mongos-tontos que vivem em uma tricotomia, porque 3 são as coisas que movem esta cidade: sexo, forró e cachaça... os traficantes daqui só matam traficantes... a polícia só da a cara pra pegar o presunto...
As árvores cheias de luzeszinhas, um clima ameno, porque daqui pra páia é tão perto que dá pra ver as dunas... este município é chamado de 3 climas porque tem serras, sertão e praia... mas aqui o pessoal pega fila pra ver acidente, viaja nessa: o cara vem de bicicleta aí, pimba, numa motocicleta (diga-se de passagem que o motoqueiro não usa capacete), caem no chão e logo existe aquele ajuntamento de gente, a primeira fila, a segunda a terceira aí chega aquele retardatário: - moça, vc pode sair da frente, vc já viu o acidente agora é a minha vez!
hahahahahahahahahaha kkkkkkkkkk

Ricardo Rayol disse...

isso que eu chamo de análise sublime duma roubada de jacu. Mas uma naba dessas não me pega nunca, nem que fosse a quarta revelação dos segredos de fátima.

R Lima disse...

Vem pra Bahia!!! Vida de sossego,r..s.s

Bjs,




Venha Comemorar o Aniversário do AveSSo em 04 textos até o dia 28/12/2007.


Texto de hoje: PerCebO...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Alisson disse...

Sampa deve ser uma delícia! Tenho vontade de juntar uma grana e aparecer por aí pra dar o ar da graça nuns lugares bacanas. Serviriam uns bares transados, o parque da cidade...

Feliz ano novo!!!! Bjaum!!!

Fatima Gama disse...

É por estas e outras que adoro meu Rio de Janeiro e adoro ser carioca, aqui não tem estresse, carioca não gosta de fila, de trânsito, de sinal fechado e de tempos nublados! Se bem que agora no natal, tivemos também muito trânsito e lojas super lotadas, eu até desisti de comprar algumas coisas, também temos a árvore da Lagoa que atraem muita gente, programa de índio, tô fora rsr. Obrigada por sua amizade em 2007, que ela seja fortalecida em 2008. Saúde paz e muita prosperidade pra vc e toda família. Bjs

Marcos disse...

Já me acostumei a ouvir "você tá velho" a cada vez que me convidam para um programa onde vai haver multidão, fila, pisão no pé, gente suada se esfregando em você, barulho, muvuca... Aí eu respondo, "se é uma questão de idade, então nasci velho". Desde criança evito essas coisas. Porto Seguro está lotado, imagina quando vou lá? Aqui vizinho. Só depois do carnaval, quando a calma volta.
Tenha um excelente 2008.

O Profeta disse...

Olhos abertos de espanto
A esperança renovada
Há um novo ano que anuncia
Os passos da felicidade na sua chegada

E porque gosto de ti
Companheira de viagem
Que a minha companhia
Não seja uma miragem

E porque tocaste o profeta
Com a delicadeza da tua terna mão
No abrir das minhas portas
Ilumino teu coração


Um mágico 2008


Um beijo de luz

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda
Estou voltando à Blogosfera...
Navegar é preciso ..e vou continuar remando o meu barco.
Desejo-lhe um Ano Novo repleto de muita Paz e Amor!
Bjs

Unknown disse...

網頁設計 網路行銷 關鍵字廣告 關鍵字行銷 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 銀行貸款 信用貸款 個人信貸 房屋貸款 房屋轉增貸 房貸二胎 房屋二胎 銀行二胎 土地貸款 農地貸款 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ